Hortolândia

Obra do Corredor Metropolitano chega ao lado do presídio

Serviço contempla implantação de base de asfalto na via que fica paralela ao muro do Complexo Penitenciário

O trabalho de implantação do Corredor Metropolitano Noroeste em Hortolândia prossegue, nesta semana, com ações realizadas nos bairros Parque Peron e Chácaras Nova Boa Vista. A obra, realizada pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), avança com a preparação da base para o asfalto no trecho do traçado que passa ao lado do Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia. A obra do Corredor Metropolitano é uma parceria da Prefeitura com o Governo do Estado.

De acordo com informações da EMTU, há também uma equipe de trabalho dentro das dependências da Penitenciária, preparando o terreno para a construção de um novo muro de divisa com a avenida em implantação. Isso porque parte do viário avançará sobre a área do presídio. O muro será construído antes da demolição daquele já existente. Com isso, as obras prosseguem sentido Rodovia Jornalista Francisco Aguirre de Proença (SP-101), onde a concessionária Rodovias do Tietê constrói um dispositivo de acesso do Corredor Metropolitano à Rodovia no quilômetro 5.

Além desta etapa de obras, a EMTU também implanta uma parada de ônibus na altura do Parque Peron, e realiza instalação de bocas de lobo, ampliando o sistema de drenagem de águas pluviais. As obras em andamento contemplam os últimos 700 metros de sistema viário que restam ser implantados, a partir da avenida Antônio da Costa Santos até a SP-101.

Corredor Metropolitano

O Corredor Metropolitano integrará toda a região por meio de um viário expresso, desde Americana, passando por Santa Bárbara D’Oeste, Nova Odessa, Sumaré, Hortolândia, até Campinas, trajeto que terá a Ponte da Esperança (estaiada) como trajeto. A Ponte, que foi construída pela Prefeitura para ligar as regiões Leste (Jd. Novo Ângulo) e Oeste (Jd. Amanda), funciona desde maio. Em Hortolândia, o traçado do Corredor Metropolitano já está pronto até o Jd. Nova América. A obra até a SP-101 deve ser concluída até dezembro, segundo informou o Governo do Estado.

PIC

A obra do Corredor Metropolitano faz parte do PIC (Programa de Incentivo ao Crescimento), programa que prevê mais de 100 intervenções e serviços que promoverão o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano para que Hortolândia cresça com planejamento e sustentabilidade nos próximos 30 anos. As obras são realizadas por meio de parcerias da Prefeitura com a iniciativa privada, governos estadual e federal.

Comentários via Facebook

Facebook

Contato

Fale com a redação


(19) 98156-5064

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Horóscopo

Patrocinadores

OUÇA AQUI A RÁDIO DIGITAL POP!

NoAr – Rádio Digital Pop