Brasil

Sequestrador de ônibus é morto por atirador de elite na Ponte Rio-Niterói

Ele fez 37 passageiros de reféns e ameaça incendiar o ônibus

A polícia do Rio de Janeiro informou na manhã desta terça-feira (20) que encerrou o sequestro do ônibus com a liberação dos reféns, após pouco mais de três horas de duração. O sequestrador foi baleado e morto por um atirador de elite do Batalhão de Operação Especiais (BOPE)

Os tiros foram disparados às 9h04 desta manhã, cerca de três horas e meia após o início do sequestro.

Imagens exibidas pelas TVs mostram o rapaz deixando o ônibus para atirar um objeto. Em seguida são ouvidos disparos, e o suspeito cai ao lado do veículo.

Seis disparos foram ouvidos, mas não há confirmação de quantos atingiram o homem.

O sequestro

Um homem que ainda não foi identificado manteve 37 reféns em um ônibus por mais de três horas na ponte Rio-Niterói. O sequestro começou pouco antes das 6. Até as 9h, o sequestrador havia liberado seis reféns. De acordo com a PM, todos os reféns estão ilesos.

Anda não se sabe as motivações do homem. Segundo as primeiras informações, ainda não confirmadas, o sequestrador estava armado e se identificou como policial militar.

 A Polícia Militar alega que ele estava apenas com uma arma de brinquedo.

Direto da redação

Comentários via Facebook

Facebook

Contato

Fale com a redação


(19) 98156-5064

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Horóscopo

Patrocinadores

OUÇA AQUI A RÁDIO DIGITAL POP!

NoAr – Rádio Digital Pop