Sem categoria

Detentos em saidinha fazem fila em porta de banco para receber benefício

Comerciantes locais alegaram que não houve reforço na segurança

Detentos beneficiados com a “saidinha” do Dia das Crianças formaram uma grande fila nesta sexta-feira (18) em uma agência bancária na Rua Hermelino Matarazzo, no bairro Além Ponte, para receberem o auxílio reclusão.

De acordo com informações, os detentos são do regime semiaberto de uma penitenciária da cidade e foram até a única unidade do Banco do Brasil que paga o benefício. Antes da abertura da agência, às 10h, a fila já estava formada e muitos dos detentos usavam a tornozeleira eletrônica.

Segundo o Banco do Brasil, a agência pagou o benefício a cerca de 300 detentos. O banco informou que reforçou o atendimento nos guichês de caixa e que os pagamentos foram concluídos no período da manhã. Comerciantes reclamaram que não havia policiamento na rua. Somente depois que pediram uma viatura o patrulhamento passou pelo local.

Com medo, alguns resolveram abaixar as portas e fechar as lojas. “Vou abaixar as portas, não dá para ficar aqui assim, não tem nem policiamento”, disse um comerciante.

A dona de uma loja preferiu fechar o estabelecimento por conta da bagunça que os detentos estavam fazendo em frente ao comércio.

O banco informou que não houve tumultos na unidade, apenas a chegada simultânea dos detentos, o que alterou a rotina da agência. O BB disse ainda que as “saidinhas” têm reforço policial na agência e também no entorno.

Em nota, a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que as direções das Penitenciárias I e II de Sorocaba, após conversa com o Banco do Brasil, orientaram os presos que estariam saindo pelo benefício da saída temporária que poderiam se dirigir a qualquer agência do Banco do Brasil para realizar o saque dos seus cheques nominais, com dinheiro obtido por meio de seus próprios trabalhos.

O fato ocorreu pois, em conversa com o banco, foi informado que nesta saída temporária não haveria a disponibilidade do carro-forte para ir até a unidade. Sendo assim, a direção da unidade adotou o procedimento de fornecer aos reeducandos o valor de R$ 50,00 para que eles realizassem o deslocamento até a agência bancária que fosse mais conveniente a eles.

Direto da Redação

TV Hortolândia


Comentários via Facebook

Jornalismo HTV

Facebook

Contato

Fale com a redação


(19) 98717-6259

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Horóscopo

Patrocinadores

OUÇA AQUI A RÁDIO DIGITAL POP!

NoAr – Rádio Digital Pop