Mulher morre após fazer escova progressiva em Ilha Solteira (SP)

Uma mulher de 31 anos identificada como Lidiane Ferreira dos Santos morreu na segunda-feira (16) em Ilha Solteira (SP). A vítima havia feito uma escova progressiva em um salão e começado a se sentir mal após o procedimento.

Os sintomas incluíam queimação pelo corpo, irritação da pele e falta de ar. O atestado de óbito do Hospital Regional de Ilha Solteira identificou como causas da morte parada cardiorrespiratória, alergia a produtos químicos, crise convulsiva e hipotensão. A Polícia Civil investiga o caso.

Comentários via Facebook