Brasil

Suspeito de assassinar Emanuelle a facadas é encontrado morto em presídio

Fotos: Reprodução - Facebook/TV TEM
Aguinaldo Guilherme Assunção também já foi preso em 1988 quando matou o irmão.

O homem que confessou ter assassinado a menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrado morto dentro de uma cela do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César (SP).

Aguinaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, disse que matou a menina por vingança. Segundo ele, a mãe de Emanuelle não deixava que ela brincasse com o seu enteado. O crime aconteceu em Chavantes (SP).

O homem chamou a menina para colher mangas e ‘presentear’ sua mãe, eles foram para uma área de reflorestamento e, no local, o homem matou a criança com 13 golpes de faca. A Polícia também investiga se houve abuso sexual, o laudo deve sair em 30 dias.

Aguinaldo também já foi preso em 1988 quando matou o irmão. Eles brigaram para decidir quem iria tomar banho primeiro. O homem chegou a ser preso mas foi libertado em 2 meses.

 O assassino confesso também tem uma filha, de 21 anos, de um casamento anterior. Ele não tinha contato com a filha. Atualmente, ele morava com a atual esposa e o enteado de 10 anos.

Na manhã desta quarta-feira (15), um funcionário do presídio fazia a contagem de presos e notou que Aguinaldo Guilherme Assunção estava com um lençol amarrado no pescoço. Ele estava sozinho na cela no momento em que foi encontrado. A enfermaria do local confirmou o óbito do homem.

Comentários via Facebook

Facebook

Contato

Fale com a redação


(19) 98717-6259

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL

Horóscopo

Patrocinadores

OUÇA AQUI A RÁDIO DIGITAL POP!

NoAr – Rádio Digital Pop