Vereador de Campinas entra na justiça para barrar o rodízio de carros na cidade

O vereador campineiro Marcelo Duchovni Silva entrou com uma ‘ação popular com pedido de tutela provisória de urgência’ contra a Prefeitura de Campinas e o rodízio de carros que será implantado na cidade.

Em uma rede social, Marcelo disse que a medida é “uma irresponsabilidade de um governo que tem se curvado a todos os desmandos do governador”.

Num dos trechos do documento, também publicado na rede social, é citado que “o rodízio extraordinário de veículos não funcionou na capital paulista” e que “a publicação e vigência do decreto ilegal poderá gerar impactos severamente negativos na já definhada economia municipal e, ainda, causar ainda mais contágios e mortes pelo vírus da Covid-19”.

Comentários via Facebook