Venda de lote de sabão em pó é suspensa pela Justiça após marca usar combate ao coronavírus em anúncio

Um lote de sabão em pó da marca Tixan-Ypê teve a venda suspensa pela Justiça após uma propaganda de combate ao coronavírus. Segundo a decisão, o anúncio dava a entender que o produto teria eficácia contra o Covid-19.

A liminar determina a suspensão da venda desse lote do produto, o recolhimento das unidades que estejam no mercado, além da proibição da empresa realizar novas campanhas publicitárias com alusão a eliminar o vírus. Caso a medida seja descumprida a multa é de R$ 50 mil ao dia.

A ação, que cabe de recurso, foi movida pela empresa Unilever, detentora da marca de sabão em pó Omo, contra a fabricante do Tixan-Ypê, Química Amparo.

A Tixan-Ypê alegou que o slogan não faz referência direta ao coronavírus. A Química Amparo disse que fará a troca de algumas embalagens e que a decisão não tem qualquer relação com a qualidade e finalidade do sabão.

Comentários via Facebook