Hortolândia tem 5 casos suspeitos de febre maculosa

A cidade de Hortolândia tem 5 casos suspeitos de febre maculosa. Os dados foram atualizados ontem (23). A doença é transmitida pela picada do carrapato.

No início de junho a UVZ (Unidade de Vigilância e Zoonoses) de Hortolândia mapeou 16 pontos da cidade com infestação dos carrapatos:

  • Avenida Brasil, no Jardim Amanda (área verde próxima à academia ao ar livre);
  • Avenida Brasil, no Jardim Amanda (área verde atrás do campo de futebol);
  • Rua Augusto dos Anjos, no Jardim Amanda (área atrás do alambrado da Emef Jardim Amanda I – Caic);
  • Rua Hermes da Fonseca, no Jardim Amanda (altura do número 450);
  • Rua Benjamim Constant, no Jardim Amanda (área verde próxima ao córrego);
  • Rua Casemiro de Abreu, no Jardim Amanda (área verde na margem da lagoa);
  • Rua Júlio Prestes, no Jardim Amanda (área verde na margem da lagoa);
  • Margem do Ribeirão Jacuba (próximo da rua Geraldo Denadai);
  • Margem do Ribeirão Jacuba (na parte inferior do Viaduto 17 de Abril);
  • Rua Antônio Baraldi, na Vila Real (próximo à linha férrea);
  • Viveiro Municipal, no Parque Ortolândia (área verde próxima da horta)
  • Viveiro Municipal, no Parque Ortolândia (margem da represa);
  • Área particular 1 na região da Taquara Branca;
  • Área particular 2 na região da Taquara Branca;
  • Bosque da Rua José Aparecido Mendes, no Loteamento Adventista Campineiro;
  • Parque Lago da Fé (área de mata na margem do local).

O período de incubação e manifestação da Febre Maculosa dura em média de 2 a 14 dias. Os sintomas se assemelham aos da gripe, e podem ser: febre alta de início súbito, calafrios, dor de cabeça, náuseas e vômitos, diarreia, dor abdominal, dor muscular e/ou nas articulações.

A administração municipal orienta que caso haja a necessidade de transitar pelas áreas verdes ou de mata, alguns cuidados são recomendados, tais como o uso de calça comprida e botas. Além disso, após circular pela mata, a pessoa deve verificar se há algum carrapato grudado e retirá-lo com cuidado.

Hortolândia teve, neste ano, 16 casos notificados de febre maculosa, sendo que 11 obtiveram resultado negativo e 5 aguardam o resultado de exame.

Comentários via Facebook