Estado de SP mantém uso obrigatório de máscara em presídios

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que o uso obrigatório de máscaras nas 176 unidades prisionais do estado de São Paulo está mantido. A medida é um meio de prevenção ao coronavírus para os 35.258 servidores e 218.701 detentos do sistema estadual.

Segndo o estado, a decisão segue critérios científicos e de saúde e torna inócuo o veto assinado pelo Governo Federal em todo o território paulista.

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de Hortolândia está com 1427 presos, 583 a mais do que a capacidade de população prisional. No Centro de Progressão Penitenciária (CPP) são 1547 presos.

Na penitenciária II de Hortolândia são 1680 detentos e na penitenciária III são cerca de 1350. Os dados da SAP são desta segunda-feira (06).

Comentários via Facebook