Diminui número de ocorrências ligadas à perturbação de sossego e aglomeração de pessoas em Hortolândia

Foto: Divulgação/Prefeitura de Hortolândia

O trabalho realizado pela Prefeitura de Hortolândia, por meio da Guarda Municipal e das equipes de fiscalização, para manter a segurança na cidade e combater a propagação do Coronavírus está dando resultado. Durante o final de semana, foram registradas 34 ocorrências a menos de aglomeração de pessoas e perturbação do sossego, em comparação ao final de semana passado. De sexta-feira até domingo (10 a 12/07), as guarnições da GM atenderam 75 chamadas deste tipo, enquanto entre os dias 3 e 5, deste mês, foram 109 chamadas.

“O número de ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas continua grande, mas as ações dos agentes da Guarda Municipal e da Fiscalização contribuíram, mais uma vez, para a queda de chamadas. A ‘Operação Saturação’ continua, durante os finais de semana, em diversas regiões da cidade, e o munícipe que flagrar este tipo de situação pode fazer a denúncia, todos os dias da semana, 24 horas, por dia”, explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena Quinete.

Segundo a Secretaria de Segurança, a Guarda Municipal atendeu, desde janeiro deste ano, 1.804 chamadas ligadas à perturbação de sossego e aglomeração de pessoas. Os maiores números de denúncias e ocorrências aconteceram durante os meses de pandemia do Coronavírus.

A Guarda Municipal e a Fiscalização também realizam, diariamente, orientação sobre o funcionamento correto do comércio na cidade e “operações-surpresa”. Segundo a Secretaria de Segurança, mais de 3 mil comércios essenciais e não-essenciais, de toda a cidade, já receberam orientação desde o início da pandemia.

Final de semana também teve fiscalização ao uso do cerol em pipas

Além da patrulha de rotina e da “Operação Saturação”, os agentes da força de segurança da Administração Municipal fiscalizaram ainda o uso de cerol nas pipas. De acordo com a Secretaria de Segurança, não houve multa, apenas orientação. A fiscalização continuará e, caso alguém seja flagrado usando cerol, o munícipe será multado em R$ 100,00. Se for menor de idade, os pais serão responsabilizados. A multa irá para o Sistema Tributário Municipal de Multas, por meio do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do infrator.

Como denunciar

O munícipe que flagrar esta situação pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelos telefones 153 ou 0800-111-580.

Fonte: Prefeitura de Hortolândia – por Rodrigo Fonseca

Comentários via Facebook