Hortolândia segue na fase vermelha do Plano SP; comércio continua fechado

Foto: Governo do Estado de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (10 de julho) que o Departamento Regional de Saúde (DRS) de Campinas segue na fase vermelha do Plano São Paulo de flexibilização da quarentena. Isso indica que todas as 42 cidades da DRS continuam na fase mais restritiva da quarentena.

A região de Piracicaba (que estava na fase laranja, que permite a abertura de comércio e shoppings) regrediu na flexibilização e vai voltar para a fase vermelha.

Além das regiões de Campinas e Piracicaba, apenas as regionais de Araçatuba, Franca e Ribeirão Preto continuam na fase vermelha.

A região de Sorocaba foi autorizada pelo Estado na última semana a avançar para a fase laranja, mas a Prefeitura optou por manter o comércio fechado.

As regionais da zona norte da Grande São Paulo; Araraquara; Barretos; Bauru; Marília; Piracicaba; Presidente Prudente; São João da Boa Vista; São José do Rio Preto e Taubaté estão na fase laranja, que permite que comércio de rua e shoppings funcionem, com algumas restrições.

Ainda segundo a atualização da administração estadual, as regionais da capital paulista; zonas leste, oeste, sudeste e sudoeste da Grande São Paulo; Baixada Santista e Registro ficarão na fase amarela, o que permite a reabertura de serviços como clubes sociais, restaurantes, bares e salões de beleza.

Segundo o decreto 4.494, publicado no dia 05 de julho pelo prefeito Angelo Perugini, os serviços considerados essenciais, que podem funcionar em Hortolândia são:­

Arte: Divulgação/Prefeitura de Hortolândia

Serviços e atividades não essenciais podem funcionar através dos sistemas de delivery, drive-thru walk-thru, conforme regras abaixos:

Arte: Divulgação/Prefeitura de Hortolândia
Comentários via Facebook