Hortolândia avança para a fase laranja e comércio não-essencial deve reabrir a partir de segunda-feira (27)

Foto: Divulgação/Prefeitura de Hortolândia

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (24 de julho) que a região de Campinas vai avançar para a fase laranja do Plano SP de flexibilização da quarentena.

Isso indica que os comércios considerados não-essenciais poderão reabrir. Agora, deve-se esperar a publicação do decreto municipal pelo prefeito Angelo Perugini, que vai definir regras, quais comércios podem reabrir e os horários para atendimento ao público.

Conforme regras do Plano SP, o funcionamento dos comércios deve se limitar a apenas 4 horas por dia, que serão definidas pela Prefeitura.

No caso dos restaurantes, bares, salões de beleza, academias, teatro e cinemas, estes seguem proibidos de abrir.

Situação em Campinas

Na cidade de Campinas, o prefeito Jonas Donizette anunciou que o horário de funcionamento do comércio será das 12h às 16h de segunda a sexta e das 9h as 13h nos fins de semana. No caso dos shoppings, o funcionamento será entre 16h e 20h.

Como é feita a classificação

Segundo o Governo Estadual, a classificação para o avanço ou retrocesso de fase de uma região abrange dois critérios: capacidade do sistema de saúde (levando como indicadores a taxa de ocupação de leitos de UTI e os leitos para cada 100 mil habitantes) e a evolução da epidemia (considerando como indicadores o número de casos, de internações e de óbitos).

Cidades da região de Campinas

A flexibilização vale para as 46 cidades do Departamento Regional de Saúde (DRS) da região de Campinas, o que inclui as cidades de Águas de Lindóia, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Bragança Paulista, Cabreúva, Campinas, Campo Limpo Paulista, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jaguariúna, Jarinu, Joanópolis, Jundiaí, Lindóia, Louveira, Monte Alegre do Sul, Monte Mor, Morungaba, Nazaré Paulista, Nova Odessa, Paulínia, Pedra Bela, Pedreira, Pinhalzinho, Piracaia, Santa Bárbara d’Oeste, Santo Antônio de Posse, Serra Negra, Socorro, Sumaré, Tuiuti, Valinhos, Vargem, Várzea Paulista e Vinhedo.

A região de Piracicaba permanece na fase vermelha, portanto, o comércio deve seguir fechado em Águas de São Pedro, Analândia, Araras, Capivari, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Iracemápolis, Itirapina, Leme, Limeira, Mombuca, Piracicaba, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra e São Pedro.

Comentários via Facebook