Mutirão de poda do mato e limpeza passa por sete bairros de Hortolândia

Foto: Prefeitura de Hortolândia

Equipes da Prefeitura de Hortolândia realizam, desde o início da semana, mutirão de poda do mato, limpeza e zeladoria, em diversas regiões da cidade. O serviço começa nas primeiras horas da manhã e se estendem por todo o dia. A poda do mato e a limpeza já foram realizadas em áreas verdes e espaços públicos nos jardins Santa Esmeralda e Sumarezinho. Na Região Central, o mesmo trabalho aconteceu no Parque Socioambiental Chico Mendes e na Praça da Neusa. Os canteiros centrais das avenidas Olívio Franceschini e Emancipação também receberam o serviço.

No Jardim Amanda, a limpeza do espelho d’água e do entorno das lagoas do bairro foi intensificada, assim como no Campo da Mina. No Remanso Campineiro, a poda do mato e a limpeza foram realizadas na “Praça do Coreto” e na área externa do campo de futebol do bairro. Além disso, as equipes da Administração Municipal podaram o mato e fizeram a limpeza em duas APPs (Áreas de Preservação Permanente), uma no Jardim Estrela e a outra no Jardim Santa Emília. Nos jardins Aline e Conceição, nas divisas com Campinas e Sumaré, a Prefeitura limpou ruas e pintou guias da calçada.

“Estes trabalhos são permanentes e continuam, inclusive aos finais de semana, em diferentes regiões. O objetivo é manter a cidade limpa, conservada e, consequentemente, longe de doenças como a Dengue ou outras transmitidas por animais peçonhentos. Precisamos da colaboração da população, inclusive para não descartar irregularmente lixo, entulho e outros resíduos. Além das ruas e avenidas, praças, parques e áreas verdes da cidade também sofrem com este tipo de crime ambiental e essas ações dificultam que o trabalho de limpeza e poda do mato seja realizado”, explica o secretário de Serviços Urbanos, Francisco Raimundo da Silva.

O descarte irregular de lixo, entulho e resíduos é crime ambiental sujeito a multa, em Hortolândia. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde, disponível para download gratuito, nas plataformas Google Play ou App Store. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

“Ao não praticar este crime ambiental, além de valorizar o trabalho dos nossos colaboradores que ‘suam a camisa’ para manter a cidade limpa, o munícipe contribui com o meio ambiente e evita a proliferação de doenças”, afirma Silva.

*Com informações da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook