Covid-19: SP tem queda de 1% de óbitos na 33ª Semana Epidemiológica

Foto: Fernando Zhiminaicela 

Na semana passada, o estado de São Paulo apresentou queda de 1% no número de mortes provocadas pelo novo coronavírus. O período corresponde à 33ª Semana Epidemiológica (de 9 a 15 de agosto),

Nesta última semana, ocorreram 1.764 mortes em todo o estado, média de 252 mortes por dia. Na semana anterior, correspondente à 32ª Semana Epidemiológica, ocorreram 1.780 mortes, o que equivale a uma média móvel de 254 mortes por dia. A média móvel é calculada somando todos os casos ocorridos durante a semana e dividindo-os pela quantidade de dias.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que a queda poderia ter sido ainda maior no estado se não tivesse ocorrido uma mudança na metodologia feita pelo Ministério da Saúde, que passou a computar casos antigos de covid-19. Desde o final de julho, o Ministério da Saúde passou a permitir que casos com diagnóstico por imagem (tomografia) e de análise clínica sejam também computados, além dos diagnosticados com testes específicos.

Após a mudança na metodologia, foram inseridas 221 mortes nas estatísticas estaduais. De acordo com o órgão estadual, sem essa inserção, o índice do estado poderia evidenciar o controle da pandemia no estado. A secretaria informou ainda que, se o registro de mortes que estava represado não tivesse sido contabilizado, a média móvel noo estado estaria em torno de 220 mortes por dia, semelhante ao que foi observado nas duas primeiras semanas de junho.

A queda de óbitos foi motivada principalmente pela redução de 4% na região metropolitana e de 5% na Baixada Santista e no interior. A capital paulista, no entanto, que vinha registrando quedas sucessivas de óbitos, apresentou, na semana passada, um aumento de 8,8%, segundo o Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo. Isso ocorreu, segundo o Centro, principalmente devido à nova metodologia, que incluiu 76 mortes ocorridas anteriormente aos dados computados pela capital na semana passada.

Casos

O número de casos confirmados, no entanto, apresentou aumento na última semana epidemiológica. Foram contabilizados 75.799 casos de covid-19 no período, média de 10.828 por dia, a maior média já contabilizada desde o início da pandemia.

Na semana anterior, correspondente à 32ª Semana Epidemiológica, foram registrados 69.413 novos casos, média de 9.916 casos por dia. O governo paulista tem creditado o aumento no número de casos a uma maior quantidade de testes realizados.

Já a média diária de internações no estado foi de 1.658 por dia na última semana, comparável ao que foi observado na 22ª Semana Epidemiológica (entre 24 e 30 de maio).

Até este momento, o estado contabiliza 702.665 casos confirmados, com 26.899 mortes.

*Com informações da Agência Brasil

Comentários via Facebook