Para evitar a disseminação do Coronavírus, final de semana em Hortolândia terá operação de combate à aglomeração de pessoas

Foto: Prefeitura de Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia prepara para este final de semana mais uma operação para evitar aglomerações de pessoas em espaços públicos e privados. Mesmo com a cidade na “fase amarela” do Plano São Paulo do Governo Estadual, a Guarda Municipal e o Setor de Fiscalização estarão vigilantes para coibir problemas e, além disso, realizar o serviço de orientação com vistas ao funcionamento correto do comércio em Hortolândia, respeitando as normas estabelecidas pelos decretos municipais. O trabalho objetiva evitar a disseminação do Coronavírus.

“O final de semana passado apresentou queda recorde no número de ocorrências ligadas à aglomeração de pessoas e perturbação do sossego em Hortolândia, desde o início da pandemia do Coronavírus. As ações realizadas pela Administração Municipal e a colaboração da população são fundamentais para a queda dos números e a volta mais rápida da ‘vida normal’ no município”, explica a comandante da Guarda Municipal, Michele Cardena.

Segundo a Secretaria de Segurança, desde janeiro, 2.303 ocorrências ligadas à perturbação do sossego e aglomeração de pessoas foram atendidas pela GM. Nos meses de pandemia do Coronavírus, foram registrados os maiores números de ocorrências. De março até agora, 1.910 casos foram atendidos. Nos comércios, a orientação para o funcionamento correto aconteceu em 3.187 estabelecimentos, também desde o início da pandemia.

Os responsáveis por organizar festas clandestinas podem ser multados em até R$ 5.000,00, segundo as leis de perturbação do sossego, e o local da confraternização será lacrado, alerta a Secretaria de Governo.

Multas para pipas com cerol continuam

De acordo com a Secretaria de Segurança, as ações da GM para combater o uso de cerol em pipas também contribuíram para a queda do número de aglomeração de pessoas nas ruas, durante os finais de semana. Os agentes da força de segurança da Administração Municipal intensificarão o trabalho para evitar esta situação.

Caso alguém seja flagrado usando cerol, o munícipe será multado em R$ 100,00. Se for menor de idade, os pais serão responsabilizados. A multa irá para o Sistema Tributário Municipal de Multas, por meio do CPF (Cadastro de Pessoa Física) do infrator.

Como denunciar

O munícipe que flagrar estas situações pode denunciar os infratores. Eles podem ser levados à delegacia. Denúncias que caracterizem aglomeração de pessoas ou perturbação de sossego podem ser feitas à corporação, a qualquer hora do dia ou da noite, pelo telefone 153 ou 0800-111-580.

*Com informação da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook