Homem mata ex-companheira a facadas no Jardim Salerno, em Sumaré

Foto: Reprodução/Facebook

Juliene Barbosa Messias, de 31 anos, moradora do Jardim Salerno em Sumaré, foi vítima de um feminício na noite de terça-feira (1º de setembro). Foi o primeiro caso de femínicio registrado neste ano na cidade.

O autor do crime foi identificado como Cléber Alves dos Santos, de 39 anos, ele é ex-companheiro da vítima. O casal tem uma filha, de oito anos, ela estava na casa no momento do crime.

Juliene foi vítima de golpes de faca, o ex-companheiro dela tentou se suicidar após o crime, mas foi contido e socorrido ao Hospital Estadual Dr. Leandro Franceschini.

O pai da vítima, que mora no mesmo terreno da filha, disse que Cléber sempre ia procurá-la. Na noite de ontem, o homem foi novamente atrás de Juliene e, após cerca de uma hora de conversa, o pai da vítima ouviu pedidos de socorro.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) compareceu ao local, mas Juliene já tinha morrido. O pai da mulher disse ainda que Cléber a acusou de tê-lo agredido primeiro com a faca.

O caso foi registrado como feminicídio e suicídio tentado na Delegacia de Sumaré; agora, a Polícia Civil vai investigar as circunstâncias da morte.

Comentários via Facebook