Região de Campinas deve se manter na fase amarela, diz Jonas Donizette

Foto: Carlos Bassan/Prefeitura de Campinas

O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, anunciou no final da tarde desta quinta-feira, dia 3 de setembro, que a cidade deverá permanecer na fase amarela do Plano São Paulo e que a quarentena será estendida na metrópole. A informação foi dada em transmissão ao vivo pela internet, a partir do Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, sede do Governo do Estado.

“Amanhã (sexta-feira) não deve haver nenhuma modificação de cor que nos prejudique. O resultado final ainda terá algumas avaliações, mas, provavelmente, Campinas se mantenha na cor amarela e não deverá haver flexibilização para a cor verde. Pelo menos são os dados deste momento”, disse.

Jonas Donizette esteve em uma reunião no Palácio dos Bandeirantes com o Comitê Municipalista, que envolve prefeitos e médicos infectologistas do Estado para tomar as decisões em relação à pandemia do novo coronavírus.

O prefeito lembrou que estender a quarentena significa que não haverá situação completamente segura enquanto não houver uma vacina contra a Covid-19. “A quarentena não traz nenhum tipo de restrição às atividades liberadas atualmente. Importante lembrar dos cuidados de distanciamento, uso da máscara e higienização, que todos devemos manter. Se continuarmos assim, vamos cada vez mais melhorando os nossos números”, afirmou.

De acordo com ele, os índices de internações em UTI Covid estão se mantendo estáveis em torno de 70% em Campinas. “Por isso, está sendo possível fazer algumas transferências de leitos Covid para outras enfermidades, como no caso da UPA Carlos Lourenço, que retomou nesta semana a sua função original”, disse.

“Em Campinas, nós estamos enfrentando com bastante determinação esta pandemia. Todas as decisões que tomamos foram no tempo certo, tanto para iniciar como para concluir algum trabalho de assistência médica. Como, por exemplo, a desativação do Hospital de Campanha, que foi exemplar e salvou a vida de muita gente”, avaliou o prefeito.

*Com informações da Prefeitura de Campinas

Comentários via Facebook