Mais de 200 pets aguardam adoção em abrigo de Hortolândia

Foto: Prefeitura de Hortolândia

A pandemia do Coronavírus tem causado dificuldades emocionais em quem não consegue suportar o isolamento social. Se você está nesta situação, uma boa dica para amenizar a solidão é cuidar de um pet. Você pode encontrar este animalzinho de estimação e levá-lo para casa com a ajuda da Prefeitura de Hortolândia. O DPBEA (Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal), órgão da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, está com a campanha permanente de adoção de cães e gatos, “Encontre um Amigo”.

Para quem quiser adotar um amigo de quatro patas, basta ir ao DPBEA, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h, e das 13h às 16h. O órgão está localizado na rua Athanázio Gigo, 60, Chácaras Recreio 2.000. Para adotar um dos animais abrigados pelo órgão, a pessoa interessada precisa ter 18 anos ou mais e apresentar Carteira de Identidade (RG) ou outro documento de identificação com foto e comprovante de residência. “Além disso, a pessoa ainda tem que assinar um termo de guarda responsável”, explica o diretor do órgão, Vanderlei Fernando de Azevedo.

Atualmente, o DPBEA abriga 230 animais domésticos, dos quais 150 cães e 80 gatos, disponíveis para adoção, entre machos e fêmeas, filhotes e adultos, todos SRD (sem raça definida) ou “vira-latas”, como são popularmente chamados. Ainda de acordo com o órgão, todos os animais estão vermifugados, vacinados contra a raiva e castrados. O diretor Vanderlei Fernando de Azevedo salienta que o objetivo da campanha é diminuir o abandono de animais na cidade e encontra para eles um novo lar.

GUARDA RESPONSÁVEL

Como medida de proteção e bem-estar animal, a Prefeitura lançou, no ano passado, o guia “Guarda Responsável – Projeto Encontre um Amigo”. O informativo orienta as pessoas sobre os direitos e deveres do tutor ao adotar um animal. Quem vai ao DBPEA com a intenção de adotar um cão ou gato recebe o folheto com instruções para tratar do animal de maneira adequada. O guia traz, ainda, precauções a serem tomadas com a saúde do bichinho de estimação.

Para efetuar a adoção, o tutor tem de cumprir os critérios estabelecidos na cartilha. Abandonar e maltratar animais é crime pela Lei Federal nº 9.605/98. Denúncias de maus tratos aos animais podem ser formalizadas no DPBEA, por meio dos telefones 3897-3312 ou 3897-5974.

Confira dicas de guarda responsável:

  • Não deixar o bicho de estimação solto na rua;
  • Ter disponibilidade para ele e oferecer muito afeto e atenção;
  • Manter sempre o animal na coleira e com identificação referente ao nome do dono e telefone;
  • Possuir espaço físico no imóvel proporcional ao porte do animal;
  • Realizar visitas regulares a um veterinário para vacinas anuais

*Com informações da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook