Candidatos a prefeito de Hortolândia somam patrimônio de mais de R$ 3,7 milhões

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) disponibiliza em sua base de dados a declaração de bens feita pelos candidatos aos cargos públicos de prefeito e vereador nas eleições. Em Hortolândia, o patrimônio declarado dos candidatos a prefeito soma cerca de R$ 3.725.426,63.

O vereador Edvam Campos de Albuquerque, o Ceará (REDE), soma o maior patrimônio, cerca de R$ 1,4 milhão. Entre os bens declarados estão diferentes construções em bairros de Hortolândia e Sumaré e dois carros avaliados em R$ 42 mil e R$ 44 mil.

O médico George Julian Burlandy (PSDB) vem em segundo lugar, com bens avaliados em R$ 1.090.000. Entre o patrimônio estão imóveis e terrenos em Hortolândia, bem como uma chácara na cidade. O candidato declarou possuir ainda dinheiro em espécie, cotas do capital social de uma clínica médica e uma lancha.

Walter Tato, do Podemos, está na terceira posição entre os mais ricos. O candidato declarou possuir R$ 472.300,00 em bens divididos entre um carro e 50% de uma casa.

O atual prefeito da cidade e candidato a reeleição, Angelo Perugini (PSD), possui bens avaliados em R$ 295.825,08. No patrimônio declarado estão dois carros, uma casa, dinheiro e depósitos bancários.

A professora Eliane Garcia, do PSOL, declarou possuir R$ 244.301,55 em bens, divididos entre dois carros, um apartamento e dinheiro no banco.

O candidato do PT, professor Valmir Paze, declarou à Justiça Eleitoral possuir R$ 74.000,00 em bens, tendo 20% de um imóvel na cidade, um carro, além de dinheiro em espécie.

O sargento reformado da Polícia Militar, João Franco, possui uma caminhonete avaliada em R$ 54 mil. O candidato não declarou outros bens.

Na ficha do médico Lourenço Zanardi (PROS) há a informação de que nenhum foi cadastrado, isto é, que o candidato não possui bens.

Candidatos a Vice-prefeito

Os candidatos a vice-prefeito da cidade também precisaram declarar os bens que possuem para o TSE.

O administrador Eduardo Ricatto (PATRI) é candidato a vice-prefeito do Ceará e declarou um patrimônio milionário, de R$ 1.389.042,79. Entre os bens declarados estão uma casa, partes de terrenos da cidade, cotas de duas empresas, dois carros e uma moto, além de dinheiro.

Jaime Moreira Filho (PT) declarou ter cerca de R$ 625.319,68 em patrimônio. Entre os bens estão imóveis, cuia de consórcio e um carro.

Candidato a vice do Dr. Zanardi, Marcelo Herdeiro (PROS) declarou possuir R$ 404.348,34 em bens. Terrenos e terra nua fazem parte do patrimônio do representante comercial.

Atual vice prefeito da cidade, José Nazareno Gomes (PL) possui R$ 283.528,01 em patrimônio, divididos entre três carros, aplicações, dinheiro em espécie e empréstimo.

A vereadora Simone Betini (DEM) é candidata a vice-prefeita de Dr. George e declarou à Justiça Eleitoral que suas duas casas, uma em Hortolândia e outra em Monte Mor, somam R$ 230 mil.

O professor Mário Klettemberg (PSOL) é vice na chapa de Eliane Garcia e declarou à Justiça Eleitoral possuir R$ 158.889,64 em bens, sendo um carro, uma casa e depósitos bancários.

O policial militar Élcio Corrêa (PODE) é vice de Walter Tato e declarou possuir R$ 136.321,51 em bens, sendo uma casa e uma moto.

O candidato a vice do Sargento Franco, Móises Santos (PTC), declarou possuir uma casa em Hortolândia avaliada em R$ 120 mil.

Comentários via Facebook