Prefeitura de Hortolândia quer fazer parcerias com hotéis para abrigar moradores de rua com Covid-19

Foto: Prefeitura de Hortolândia

Está em andamento uma chamada pública, realizada pela Prefeitura de Hortolândia, para credenciar hotéis da cidade que queiram se disponibilizar a atender pessoas em situação de vulnerabilidade social que testem positivo para Coronavírus (COVID-19). A ação visa oferecer conforto e isolamento adequado a pessoas em situação de rua e alojamento, bem como a quem não está em situação de rua, mas não dispõe de residência fixa na cidade, como imigrantes, por exemplo. A iniciativa é da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social.

Haverá 50 vagas disponíveis. Os beneficiados poderão ficar nos hotéis por até 14 dias. De acordo com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, até o momento, nenhum hotel da cidade manifestou disponibilidade para oferecer o serviço. Os hotéis que quiserem oferecer o serviço receberão R$ 2.093,00 por pessoa hospedada. O valor ajuda a cobrir custos de alimentação, limpeza e outros insumos necessários na hospedagem.

Abrigo provisório está em funcionamento no Ginásio Poliesportivo Victor Savala

Atualmente, a Prefeitura acolhe pessoas em situação de rua no abrigo provisório montado no Ginásio Poliesportivo Victor Savala, localizado no Jardim Nossa Senhora de Fátima. O serviço é disponibilizado desde primeiro de junho e funcionará por tempo indeterminado. Segundo a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social, todas as noites, aproximadamente duas novas pessoas aceitam passar a madrugada no espaço. Cerca de 30 pessoas estão permanentemente abrigadas no ginásio.

“O abrigo montado no ginásio funciona 24 horas, todos os dias da semana, com capacidade para 60 pessoas. No local, os abrigados recebem quatro refeições diárias (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar). Além das refeições, a Prefeitura também disponibiliza banho, itens de uso pessoal, roupas de cama e colchões. O abrigo tem espaço dividido para homens e mulheres. As luzes do ginásio são apagadas às 22h para o repouso”, explica o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Régis Athanázio Bueno.

No abrigo, os moradores também recebem atendimento social e, em caso de necessidade, encaminhamento para os serviços de saúde da rede municipal. A comunidade também pode ajudar. Quem vir alguma pessoa em situação de rua na cidade pode entrar em contato com a Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social por meio do telefone (19) 99936-6459. O número funciona 24 horas, de segunda-feira a domingo.

*Com informações da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook