Hortolândia registra saldo positivo na geração de emprego

Foto: Prefeitura de Hortolândia

Hortolândia registrou, em agosto deste ano, saldo positivo de 354 novos postos de trabalho. O crescimento no número de empregos no município já era registrado desde julho, com o saldo positivo de 251 novas contratações. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).
 
Os números decorrem da retomada consciente das atividades econômicas, dentre elas a reabertura de comércios e estabelecimentos de prestação de serviços, bem como dos incentivos da Prefeitura para a geração de emprego e renda na cidade. Para atrair novas empresas, a Administração Municipal oferece benefícios por meio do Proemph (Programa Municipal de Incentivo Empresarial de Hortolândia).
 
Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo e Inovação, a Administração Municipal atua para oferecer incentivos fiscais, intermediação de mão de obra qualificada, vantagem logística, monitoramento da emissão de licenças municipais e estaduais, alvará de construção, entre outras necessidades para atrair e garantir novos investidores para a cidade.
 
 
Empreendedorismo e Novas Empresas
 
Com a queda no número de empregos, dos meses de março a junho, por conta da pandemia da COVID-19, o empreendedorismo surge como nova forma de garantir a renda familiar. Hortolândia registrou salto no histórico de cadastramento de microempreendedores individuais, totalizando, aproximadamente, 16 mil pequenos negócios da cidade, quase dois mil a mais do que no ano de 2019.
 
Além disso, Hortolândia tem grande capacidade de atração de investimentos, o que pode ser constatado pelo crescente número de instalação de empresas no município. De acordo com a base de dados do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), que utiliza informações da Receita Federal, o número total de estabelecimentos na cidade praticamente triplicou, desde 2018, totalizando, em 2020, 8.814 estabelecimentos, o que representa um constante crescimento e desenvolvimento do município. Nos dados divulgados pela Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo), somente no mês de agosto, foi registrada a abertura de 61 novas empresas.
 
A conquista de novas empresas para a cidade, com geração de emprego e renda, é uma das prioridades da Administração Municipal, que realiza ações e obras, por meio de parcerias com o setor público e a iniciativa privada, para incentivar o desenvolvimento urbano, ambiental, social e humano de forma planejada e sustentável. Dentre as novas empresas que chegaram à cidade estão Odata (tecnologia), Embalixo (fabricante de embalagens) e Assaí Atacadista (comércio atacadista).

*Com informações da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook