Procon dá dicas de como comprar brinquedos pela internet de forma segura

Foto: Reprodução

O dia das crianças se aproxima e os pequenos já estão ansiosos pelos presentes. Neste ano, em razão da pandemia de Coronavírus, muitas famílias deverão optar pela compra online de brinquedos. Pensando em proteger estes consumidores, o Procon dá algumas dicas de segurança e orienta sobre a necessidade de buscar sempre a melhor oferta, levando em consideração inclusive o frete. Com alguns cuidados, é possível garantir uma compra online segura e diversão para a criançada.
 
Ao escolher o presente, o consumidor deve considerar a idade da criança, assim como suas habilidades e preferências. Brinquedos educativos são sempre boas opções, como os que estimulam a coordenação motora, a inteligência, a afetividade, a criatividade e a socialização.
 
A busca por preços é bastante fácil, uma vez que navegadores de celulares, por exemplo, já mostram resultados com esta classificação. O site da loja escolhida deve trazer informações claras sobre o produto, como principais características, quantidade, origem e garantia, por exemplo. É importante observar se o produto escolhido é certificado pelo Inmetro, por estar de acordo com as normas técnicas de fabricação.
 
Antes de finalizar a compra, o consumidor deve conferir se o endereço de entrega está correto e se o preço anunciado é o mesmo apresentado para pagamento. Fique atento também à política de trocas: nas compras via internet, o consumidor tem o direito de se arrepender e cancelar o negócio em até sete dias após a compra ou recebimento do produto.
 
No site do Procon-SP, é possível conferir a lista “Evite estes sites”, com mais de 170 sites que tiveram reclamações de consumidores, foram notificados, não responderam ou não foram encontrados. Confira aqui https://sistemas.procon.sp.gov.br/evitesite/list/evitesites.php. Escolhido o presente e efetuada a compra, é só acompanhar o prazo de entrega e presentear quem você ama.

*Com informações da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook