Justiça Eleitoral decide indeferir registro de candidato a vice-prefeito e de 25 candidatos à vereador em Hortolândia

A Justiça Eleitoral impugnou a candidatura de um candidato a vice-prefeito em Hortolândia e de outros 24 candidatos a vereador. Todas as oito candidaturas a prefeito foram deferidas e aprovadas pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Professor Mário (PSOL) é candidato a vice-prefeito na chapa da candidata a prefeita Eliane Garcia (PSOL) e teve a candidatura indeferida. Segundo a decisão o motivo da impugnação é a ausência de requisito de registro.

A decisão da juíza eleitoral Juliana Ibrahim Guirao Kapor indica que “o candidato não juntou o documento e, quando intimado para regularizar a situação, quedou-se inerte. Inviabilizou-se, assim, a verificação da sua elegibilidade e do pleno gozo dos seus direitos políticos”.

No entanto, a assessoria do candidato indica que o processo de impugnação possui inconsistências, já que um dos documentos aponta Professor Mário como candidato a vereador (sendo que é postulante a vice-prefeito) e pertencente ao PSL (Partido Social Liberal), sendo que ele pertence ao PSOL (Partido Socialismo e Liberdade). A chapa vai entrar com recurso.

As candidaturas a vice-prefeito de Eduardo Ricatto (Patriota), Marcelo Herdeiro (PROS) Moisés Santos (PTC), Professor Jaime (PT), Sargento Corrêa (Podemos), Simone Betini (DEM) e Zezé (PL) foram deferidas. Outros 24 candidatos a vereador também tiveram a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral, veja abaixo quem são os inaptos e o motivo para o indeferimento da candidatura:

  • Andréa Nobre (PCO): Ausência de requisito de registro
  • Andre Leite (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Chal (PP): Ausência de requisito de registro
  • Cidinha Calhau (Patriota): Ausência de requisito de registro
  • Cireno Pimentel (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Daniel Clayton (PSDB): Ficha limpa
  • Del Moreno (Patriota): Ausência de requisito de registro
  • Donis Cabelos (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Dra. Maria do Carmo (PMB): Ausência de requisito de registro
  • Eugenio Ferreira (DEM): Ausência de requisito de registro
  • Fatiminha (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Filo (Patriota): Ausência de requisito de registro
  • Jean Cesar (Patriota): Ficha limpa
  • Kiko UFC (Patriota): Ausência de requisito de registro
  • Kleytinho (PP): Ausência de requisito de registro
  • Lima Letrista (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Lu do Pet Star (Patriota): Ausência de requisito de registro
  • Marçal (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Motta Alemão da Banca (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Piauí (PSB): Ficha limpa
  • Professora Mara (Rede): Ausência de requisito de registro
  • Radialista Gilson Marques (MDB): Ausência de requisito de registro
  • Sargento Santos (Patriota): Ausência de requisito de registro
  • Wagner Boiatti (PMB): Ausência de requisito de registro
  • Wilian Sthal (Solidariedade): Ausência de requisito de registro

Doze candidatos a vereador renunciaram e não vão mais concorrer: Adeildo Reis (PSDB), Aurineide (PMB), Careca (PP), Creusa Afonso (PSL), Dra. Adriana Barreto (PP), Ederson Tatu (PMB), Jairo Silvério do Táxi e Huber (PMB), Nana (PP), Ney Almeida (PSB), Ney Pica-Pau (MDB), Ronaldo Silva (PSL) e Sarel (PSL).

Outros sete candidatos a vereador ainda aguardavam a decisão da Justiça Eleitoral às 23h desta segunda-feira, são eles: Aldeni (PP), Avelar Martins (PT), Cardoso (PT), Clayton Sarli (PRTB), João Pernambuco (Republicanos), Naiara Fernanda (Republicanos) e Tia Gorda do Pastel (Rede).

Os candidatos que foram impugnados poderão entrar com recurso para tentar obter a aptidão para concorrer às eleições.

Comentários via Facebook