Duas mulheres são presas ao tentar levar drogas para penitenciária de Hortolândia

Foto: SAP

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que na manhã de quarta-feira, 28, quatro pessoas foram detidas nas proximidades do complexo penitenciário de Hortolândia. A apreensão aconteceu em parceria com o Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep).

Agentes penitenciários receberam a denúncia de que duas mulheres tentariam entrar no complexo para deixar drogas no ambiente prisional, ao reconhecer as características das suspeitas informadas na denúncia, os servidores fizeram a abordagem. As mulheres demonstraram nervosismo, o que confirmou a desconfiança dos agentes.

Estes acionaram o Baep, que levou cães farejadores e encontraram entorpecentes nas bolsas delas. Com elas foram encontrados 762 gramas de maconha, 169 gramas de cocaína e oito unidades de papel contendo k4.

Ao serem questionadas, as mulheres disseram que pretendiam deixar o material em algum ambiente do complexo e que chegaram até lá em um transporte por aplicativo. Assim, a polícia chegou até o motorista, que também foi detido porque encontraram com ele 19 gramas de maconha, dentro de uma embalagem de chocolate.

Além disso, elas contaram que outra mulher as aguardavam em um bar próximo. Diante disso, os quatro foram levados para o Plantão Policial, onde foi realizado o boletim de ocorrência. As duas mulheres foram presas por tráfico de drogas e a terceira, que não estava no local, foi liberada.

Ela disse, em depoimento, que não tinha conhecimento de que suas colegas estavam com drogas. O motorista também foi liberado. Ele alegou que era usuário e a droga encontrada com ele era para uso pessoal, porém, o carro ficou detido por irregularidades.

As suspeitas já tinham passagens pelo sistema prisional. A SAP informa que foi instaurado um procedimento disciplinar para descobrir quem são os presos envolvidos no caso e para qual unidade prisional seria destinada a droga.

*Com informações da SAP

Comentários via Facebook