Vigilância Sanitária interdita casa de repouso com várias irregularidades no bairro Recreio Alvorada

Foto: Prefeitura de Hortolândia

O departamento de Vigilância Sanitária de Hortolândia, juntamente ao Conselho Municipal do Idoso (CMIH) e o Departamento de Direitos Humanos fechou nesta semana um ILPI (Instituto de Longa Permanência de Idosos) que tinha diversas irregularidades.

Segundo a administração municipal, o local interditado era monitorado pelo CMIH desde a instalação no município e várias irregularidades já haviam sido apontadas. Como as exigências não foram cumpridas pela casa de repouso, a Vigilância Sanitária foi acionada.

A lacração do local foi feita na última quinta-feira (22 de outubro) e foi dado um prazo de quatro dias para que os responsáveis retirassem os idosos da casa de repouso. Na segunda-feira (26 de outubro) os agentes voltaram ao local e encontraram os idosos novamente no local, foi dado um prazo de 24 horas para a desocupação.

Na terça-feira (27 de outubro) foi feita uma nova visita ao ILPI e os idosos já não estavam mais lá. Neste mesmo dia, o CMIH recebeu uma denúncia da Polícia Militar (PM) de que os idosos estavam alojados em um outro local.

Os agentes foram ao endereço da denúncia para averiguar a situação e encontraram os idosos abrigados em condições inadequadas. Os conselheiros ficaram no local até a desocupação total do espaço, todas as famílias dos idosos foram acionadas.

Ainda segundo a Prefeitura, o CMIH é um conselho atuante no município e trabalha para criar e articular políticas públicas em prol dos idosos da cidade, além de receber reivindicações e denúncias, atuando no sentido de resolvê-las.

Além disso, o conselho também busca informar e orientar a população idosa acerca de seus direitos, bem como desenvolver campanhas educativas junto à sociedade.

Comentários via Facebook