Prefeitura pede que população não descarte lixo e entulho nas ruas para evitar enchentes

Foto: Prefeitura de Hortolândia

A Prefeitura de Hortolândia realiza, diariamente, serviços de limpeza e poda do mato em todas as regiões da cidade. De acordo com a Secretaria de Serviços Urbanos, o trabalho é intensificado no período das fortes chuvas. O objetivo é evitar o descarte irregular de lixo e entulho, minimizando a ocorrência de enchentes e alagamentos. É importante a colaboração da população para realizar o descarte correto destes materiais nos PEV’s, LEV’s e na coleta de lixo domiciliar.

“Nossas equipes realizam o trabalho, todos os dias, para tirar das ruas lixo e entulho descartados irregularmente e evitar a proliferação de doenças e a ocorrência de enchentes. Contamos com o apoio da população. Ao descartar este tipo de material em áreas verdes, praças, parques e nas vias da cidade, o munícipe, além de cometer um crime ambiental, contribui para o surgimento das enchentes já que estes materiais são levados pelas enxurradas e acabam entupindo as redes de águas pluviais, prejudicando o escoamento, causando infiltrações no solo, estourando as tubulações subterrâneas e provocando alagamentos”, explica o secretário de Serviços Urbanos, Francisco Raimundo Pereira.

PEVs e LEVs

Nestes espaços públicos, os moradores podem descartar com segurança, gratuitamente, resíduos recicláveis e reaproveitáveis, como entulhos de construção, isopor, plástico PET, sofás, colchões velhos, o chamado “resíduo eletrônico”, dentre outros. Neles, não é permitido o descarte de lixo orgânico, resíduos industriais e provenientes dos serviços de saúde. No caso dos resíduos de construção, a quantidade de descarte é limitada a 1m³ por pessoa mensalmente (1.300kg, ou seja, cerca de 26 sacos de ráfia de 50kg ou o volume de uma caixa d’água de 1.000 litros). Os PEVs funcionam de segunda a segunda, das 8h às 12h e das 13h às 16h30.

A rede de equipamentos públicos da Prefeitura de Hortolândia para o descarte correto de materiais recicláveis conta, ainda, com os LEVs (Locais de Entrega Voluntária de Recicláveis). Neles, é possível descartar materiais como embalagens de vidro, garrafas pet, plásticos, papéis e papelões, isopor, copo descartável, entre outros materiais. Os LEVs recebem materiais 24h, todos os dias.

Cada contêiner tem capacidade de armazenar 2,5 m³ de recicláveis. Ao serem recolhidos pelo caminhão coletor, estes produtos são destinados à Cooperativa de Reciclagem parceira da Administração Municipal. Há 21 equipamentos em uso, distribuídos pela cidade. (Confira abaixo os endereços).

Denúncias pelo aplicativo da “Agenda Verde”

O descarte irregular de entulho e resíduos é crime ambiental e está sujeito a multa. Atualmente, os valores variam de R$ 340 a R$ 34.000.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, quem quiser ajudar na identificação de pessoas e veículos que praticam crime ambiental pode enviar fotos e textos para o aplicativo do Programa Agenda Verde. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download gratuito nas plataformas Google Play ou App Store do smartphone. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo.

Confira o endereço dos PEVs:

EM FUNCIONAMENTO:

•PEV 1 – Auxiliadora, Rua Antônio João de Amorim, esquina com a Rua Sebastiana Oliveira da Silva

•PEV 2 – Adelaide, Rua Paulo Roberto Soares (Antiga 9), esquina com a Rua Benedito Macedo

•PEV 3 – Parque Gabriel, Avenida Joaquim Martarolli, 2005

•PEV 4 – Interlagos, Rua Rio Tapajós (Antiga Rua 5)

•PEV 5 – Vila Real, Rua Orlando Cavalcante, esquina com a Rua Joaquim Gregório de Moraes

•PEV 6 – Jardim Amanda, Rua Augusto dos Anjos, s/n

•PEV 7 – Orestes Ôngaro, Rua Rio Pardo (antiga Rua 13), 50, dentro do Aterro de Inertes

•PEV 8 – Jd. Santiago, Rua João Joaquim Calixto, 230

•PEV 9 – Jd. Nossa Senhora de Fátima, Rua Manoel Antônio da Silva, nº 610

•PEV 10 – Jd. Santa Emília, Rua Luísa Febrônio Marini

•PEV 11 – Jd. Santa Esmeralda, Rua Ágata

EM CONSTRUÇÃO:

•PEV 12 – Jd. Nova Alvorada, Rua Alcebíades Marques (antiga Rua 5), próxima ao Parque Socioambiental Lago da Fé (em construção)

•PEV 13 – São Sebastião, Rua Prof. Lúcio Alves da Costa (praça 2), no Loteamento Adventista Campineiro, próximo à AMCRESS (em implantação)

Confira onde há LEVs implantados:

1. LEV Parque Ortolândia – Praça Vereador José Costa Camargo, Rua Pastor Germano Riter – Próximo a Sabesp;

2. LEV Jardim Firenze – Rua Veneza, em frente ao Fórum;

3. LEV Jardim Amanda – Rua Tiradentes, em frente à lagoa;

4. LEV Parque Chico Mendes – Rua João Mendes, s/n, Parque Ortolândia;

5. LEV Jardim Everest – Rua Pico do Atalaia, 88;

6. LEV Lago Da Fé – Av. Wesley Dias Rodrigues, Jardim Alvorada;

7. LEV Vila Real – Av. São Francisco de Assis, Praça da Paróquia do Rosário;

8. LEV Jardim Santa Esmeralda – Rua Turmalina;

9. LEV Jardim Nossa Sra. de Fátima – Rua Cicero Ramos Meira- Escola Estadual Pastor;

10. LEV Jardim Nossa Sra. de Fátima – Rua Albina Rodrigues Pereira – Praça do Pastel;

11. LEV Jardim Nossa Sra. de Fátima – Rua Armelinda Espúrio da Silva,785, em frente à Emeb Josias da Silva Macedo;

12. LEV São Sebastião (Contêiner Metálico) – Rua Pastor Ernesto Roth, 705;

13. LEV Jardim Novo Horizonte – Rua Moacir de Souza Campos, em frente à Emef Taquara Branca;

14. LEV Palácio das Águas – Rua José Claudio Alves Dos Santos, 585, Remanso Campineiro;

15. LEV Câmara Municipal – Rua Joseph Paul Julien Burlandy, 250, Parque Gabriel;

16. LEV Centro – Rua Luiz Camilo de Camargo, 630, Remanso Campineiro, Centro;

17. LEV Remanso – Rua Alda Lourenço, Remanso Campineiro, na Praça Bambino;

18. LEV E.E. Profa. Conceição Aparecida Terez Gomes Cardinales – Rua Visconde do Rio Branco, Jardim Amanda;

19. LEV do Remanso das Águas – Estrada Municipal Sabina Batista de Camargo;

20. LEV Creape – Rua Bolívia, 290 – Jardim Santa Clara do Lago II;

21. LEV Orestes Ôngaro – Rua Domingos Batista de Souza, Praça ao lado do quiosque – Parque Orestes Ôngaro.

Com informações da Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook