Dor e comoção no sepultamento de Maria Clara em Hortolândia

Mais de cem pessoas compareceram na manhã desse Sábado (19) no Cemitério Parque Hortolândia para despedirem da pequena Maria Clara. Líderes adventistas estiveram no local para dar suporte espiritual aos familiares. O corpo da criança chegou por volta das 7h como havia previsto e o enterro aconteceu às 10h. Mãe e vó da criança foram amparadas na hora do sepultamento. Balões brancos em sinal de paz foram soltos na hora em que o caixão desceu a sepultura.

A avó de Maria Clara falou à imprensa e pediu para que a neta não caia no esquecimento. 

Entenda o caso

A delegada seccional de Americana, Martha Rocha, disse em entrevista hoje (18) que o padrasto da menina Maria Clara Calixto, de 5 anos, encontrada morta nesta manhã, confessou o crime. Ainda segundo a delegada, há indícios de que a menina teria sido abusada sexualmente, mas ainda não há a confirmação.

“Agora vamos saber qual a motivação que levou a cometer este crime. Já está determinada a autoria”, disse a delegada.

O padrasto da menina tem passagem na Polícia por estupro na cidade de Monte Mor.

Na noite de ontem (17) ele prestou depoimento na delegacia da cidade mas negou ter cometido qualquer crime. Depois de depor, o homem sumiu e foi para Campinas. Nesta manhã ele foi encontrado na cidade, quando foi detido e confessou. A casa da família foi periciada ontem e passará por nova análise hoje.

 

No momento em que o corpo foi localizado a Polícia Militar (PM) não estava no local e uma confusão generalizada se iniciou. Veículos de reportagem foram depredados. O terreno baldio fica a cerca de 100 metros da casa da criança.

Maria Clara desapareceu no fim da manhã de ontem e, durante todo o dia, familiares fizeram buscas pela cidade. Na manhã de hoje populares encontraram o corpo em uma caixa em um terreno baldio do bairro São Felipe, na região do Orestes Ongaro.

No momento em que o corpo foi localizado a Polícia Militar (PM) não estava no local e uma confusão generalizada se iniciou. Veículos de reportagem foram depredados. O terreno baldio fica a cerca de 100 metros da casa da criança.

Maria Clara desapareceu no fim da manhã de ontem e, durante todo o dia, familiares fizeram buscas pela cidade. Na manhã de hoje populares encontraram o corpo em uma caixa em um terreno baldio do bairro São Felipe, na região do Orestes Ongaro.

Direto da Redação 

TV HORTOLÂNDIA 

Comentários via Facebook