MÃE DE ISIS HELENA É ENCONTRADA MORTA NA CADEIA

A mãe da menina Isis Helena, que foi morta com um ano e nove meses na cidade de Itapira (SP) pela própria mãe, Jennifer Natalia Pedro, foi encontrada morta na cadeia nesta segunda-feira (22 de fevereiro). A informação foi divulgada pelo apresentador da RecordTV, Luiz Bacci.

Somente um laudo médico poderá apontar a causa da morte de Jennifer. Ela estava presa desde abril de 2020 após comunicar a polícia o local em que enterrou o corpo da menina.

No início de fevereiro a denúncia oferecida pelo Ministério Público (MP-SP) havia sido aceita pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Com isso, a mãe de Isis Helena havia se tornado ré e iria à júri popular.

O CASO

Ísis Helena não andava e tinha problemas de saúde. Na versão inicial, Jennifer alegou à polícia que a filha tinha sido raptada, já que ela havia deixado a criança dormindo e se ausentado e ao retornar achou a porta da casa aberta.

Depois, Jennifer acabou confessando que, na noite anterior, havia medicado a filha contra febre e em seguida deu uma mamadeira com leite e que na madrugada descobriu que a criança havia morrido.

Com medo de possíveis represálias, já que tinha sido denunciada por maus tratos, resolveu se livrar do corpo, enterrando em uma mata às margens do Rio do Peixe. Durante vários dias a mulher afirmou que o corpo havia sido jogado no rio, somente dias depois Jennifer mostrou o local em que havia enterrado Isis. O crime chocou Itapira e repercutiu pelo Brasil.

Comentários via Facebook