Polícia Civil realiza operação em Hortolândia para desarticular organização criminosa

A Polícia Civil, com apoio do Ministério Público, realizou a 2º fase da Operação Transformes nesta terça-feira (23), em diferentes regiões do estado. A ação teve como objetivo desarticular uma organização criminosa especializada em fraudar a instalação de 4º eixo em semirreboques. A atividade vai contra as normas da legislação de trânsito.

A operação foi deflagrada pela Delegacia Seccional de Polícia de Adamantina para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades de Hortolândia, Barueri e na Capital. Os alvos foram identificados em continuidade as investigações da primeira fase, desenvolvida em novembro do ano passado.

Segundo as investigações o grupo criminoso fraudava os automóveis com a intenção de proporcionar maior capacidade de carga a ser transportada. Também foi identificado o envolvimento de empresas de perícias, que eram responsáveis pela vistoria dos caminhões antes da formalização junto aos órgãos de trânsito.

Nesta fase as ações resultaram na prisão preventiva de cinco investigados e no sequestro de seis veículos irregulares. Os suspeitos foram encaminhados à unidade policial e permaneceram à disposição da justiça.

A implantação de 4º eixo em caminhões, além de ser considera ilegal, apresenta riscos de acidentes pelo comprometimento do sistema de frenagem, além da probabilidade de causar danos em viadutos, rotatórias, acostamentos e no leito asfáltico das rodovias devido a irregularidade no peso final.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública (SSP)

Comentários via Facebook