Campinas atinge 100% de ocupação de leitos de UTI; sistema de saúde pode entrar em colapso

Foto: Divulgação

Campinas registra nesta quarta-feira (03 de fevereiro) 100% de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) nas redes pública e privada de saúde. Com isso, o sistema de saúde da cidade corre o risco de entrar em colapso.

Na terça-feira (02), o prefeito da cidade, Dario Saadi, havia decretado fase vermelha para evitar o possível colapso. A cidade também requisitou o uso emergencial do Hospital Metropolitano, na Avenida das Amoreiras, para ampliar a quantidade de leitos.

Campinas já registra espera por leitos nos hospitais Ouro Verde e Mário Gatti. Pacientes aguardam transferência para outros hospitais através da CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde).

Na terça-feira, Campinas registrava 97% de ocupação de UTI Covid no SUS municipal, 70% no SUS estadual e de 89% de UTI em hospitais particulares.

Comentários via Facebook