Há um ano, Hortolândia registrava o primeiro caso de coronavírus

Foto: Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas

Há um ano atrás, no dia 20 de março de 2020, a cidade de Hortolândia tinha seu primeiro caso de Covid-19, o novo coronavírus, confirmado pelo Governo do Estado de São Paulo. Na época, poucas instituições faziam os exames para testar a presença do Covid-19 e os resultados chegavam a demorar até 15 dias. Os casos eram confirmados somente pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).

O primeiro infectado na cidade foi um homem de 38 anos, morador da cidade, e que trabalhava em uma empresa multinacional de Campinas. Dias antes, ele havia feito uma viagem internacional. Por conta da demora no resultado dos exames, o segundo e terceiro caso foram confirmados somente no dia 6 de abril daquele ano.

No dia 16 de abril seria confirmada a morte de uma mulher de 35 anos de idade, vítima do coronavírus. Hoje, quase um ano depois, a cidade acumula 317 vidas perdidas para o vírus e um sistema de saúde entrando em colapso, com mais de 129 pessoas internadas atualmente.

Comentários via Facebook