Morre “Irmão Lazaro”, cantor gospel, vitima da Covid-19.

Foto: Reprodução/Instagram: @irmaolazarooficial

O cantor e vereador de Salvador, Irmão Lázaro, faleceu aos 54 anos na noite desta sexta-feira (19), após um quadro clínico grave de Covid-19. Ele estava há mais de três semanas internado com a doença em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador.

A informação da morte foi anunciada por sua filha nas redes sociais. “Hoje a pessoa mais importante da minha vida se foi, o homem que eu mais amei e continuarei amando o resto da vida!”, disse Marta Silva no Instagram.

Segundo os boletins médicos, ele vinha reagindo bem aos cuidados e procedimentos adotados e seguia apresentando melhoras pequenas, em uma curva de melhora na UTI. Nos últimos dias, no entanto, houve uma piora em seu quadro de saúde.

Irmão Lázaro tinha sido diagnosticado com a Covid-19 no dia 15 de fevereiro e desde então fazia o tratamento em casa. Sete dias depois, no dia 22, ele foi internado em um hospital de Feira de Santana com metade dos pulmões comprometidos.

Em 25 de fevereiro, por causa de complicações da doença, Irmão Lázaro precisou ser transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde foi intubado.

Ele seria transferido para o Hospital Aliança, em Salvador, mas os médicos preferiram suspender a transferência devido ao estado de saúde delicado.

O cantor, de 54 anos, iniciou sua carreira na música aos 18 anos de idade, com uma passagem expressiva no Olodum. Após enfrentar problemas com drogas, Lázaro se converteu ao cristianismo e passou a compor e cantar música gospel.

Depois de ingressar na carreira política, Lázaro passou pela Câmara dos Deputados, em 2014, e passou a integrar a Frente Parlamentar Evangélica. Ele foi eleito vereador de Salvador nas eleições de 15 de novembro de 2020.

Uma nota oficial e maiores detalhes sobre o sepultamento devem ser divulgados neste sábado pela equipe do cantor.

 

  • Informações do Portal de Notícias Guia Me
Comentários via Facebook