Vereador de Sumaré alerta MP sobre crise por leitos infantis na RMC

Foto: Divulgação/Câmara de Sumaré

Preocupado com a chegada do período mais frio do ano, quando aumentam as doenças respiratórias entre as crianças, o presidente da Câmara Municipal de Sumaré, vereador Willian Souza (PT), oficiou o Ministério Público Estadual, nesta quinta-feira (8), sobre a crise por leitos infantis e pediátricos em hospitais públicos da Região Metropolitana de Campinas (RMC). O parlamentar ainda enviou moção de apelo ao governador João Doria solicitando a liberação de novos leitos de enfermaria e de UTI infantil e pediátrico na região.

A preocupação do vereador aumentou depois que o Hospital Estadual de Sumaré (HES), que funciona por meio de convênio entre a Secretaria de Estado de Saúde e a Unicamp, teve leitos pediátricos fechados devido ao contingenciamento realizado no início deste ano pelo Governo estadual e, depois, para liberar mais espaços para tratamento de Covid–19. A situação já havia sido denunciada pelo presidente da Câmara ao MP.

“Com a chegada do outono, a Síndrome Respiratória Aguda Grave, que acomete os pulmões das crianças de forma similar à Covid–19, provoca longas internações. São crianças que, devido ao sistema imunológico imaturo, também ficam imunologicamente deprimidas e mais propensas a infecções gravíssimas. O aumento desse tipo de caso já é perceptível na rede de internações pediátricas”, alerta Willian.

No ofício enviado ao MP nesta quinta, Willian Souza pede que a promotora Luciane Cristina Nogueira Lucas Lo Ré “interceda na situação em tela para que possamos ter ciência de todos detalhes sobre leitos pediátricos na RMC com intuito de evitar a perda do bem maior tutelado pelo Estado Democrático de Direito, que é a vida humana”.

O parlamentar alega preocupação com a possível falta de leitos para crianças com doenças respiratórias durante um dos momentos mais delicados da pandemia em todo Brasil.

APELO

Na sessão ordinária realizada na terça-feira (6), Willian Souza apresentou a moção de apelo nº 102/2021, aprovada com 18 votos favoráveis. O documento, enviado ao governador João Doria e ao Departamento Regional de Saúde (DRS VII), solicita a liberação de novos leitos de enfermaria e de UTI infantil e pediátrico na RMC.

“A Síndrome Respiratória Aguda Grave é causada por várias doenças, inclusive pelo Coronavírus, por isso, este apelo cumpre papel importante, além de ir ao encontro das necessidades da população da Região Metropolitana de Campinas”, conclui o vereador.

Na moção, Willian Souza ainda pede que a Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS) atue com maior celeridade, em caráter de urgência, a fim de evitar um colapso maior na rede de saúde e garantir o atendimento necessário para as crianças que têm problemas respiratórios crônicos.

(Com informações da Câmara Municipal de Sumaré)

Comentários via Facebook