GM de Campinas lacra o quarto bingo clandestino só neste mês

Foto: Adriano Rosa/Prefeitura de Campinas

Mais um bingo foi fechado pela Guarda Municipal de Campinas no começo da noite desta quinta-feira, 22 de abril. Foi a quarta ocorrência deste tipo no mês e a segunda casa de jogo ilegal flagrada no centro da cidade. No local, na rua Dr. Quirino, próximo ao Jockey Club, estavam 35 clientes e um funcionário. Foram apreendidas 104 máquinas preparadas para o jogo.

A operação foi conjunta com a 1° Delegacia de Investigações Gerais (DIG-DEIC), após a Guarda Municipal receber uma denúncia anônima.

Segundo a comandante da Guarda Municipal de Campinas, Maria de Lourdes Soares, além da ilegalidade do jogo, a condição no bingo era de alto risco para contaminação pelo novo coronavírus e havia vários idosos jogando. As instalações, no segundo andar de um prédio, são fechadas, sem circulação de ar e favorável à aglomeração.

A fiscalização da Secretaria Municipal de Planejamento e Urbanismo (Seplurb) esteve no prédio e lacrou as instalações. A ocorrência foi registrada na 1° DIG-DEIC.

Outros casos

No último domingo, 18 de abril, a GM flagrou um bingo no bairro Taquaral. No momento, 18 pessoas estavam no local, a maioria idosos. O bingo tinha 38 máquinas para jogos e vários noteiros – o equipamento onde o dinheiro é inserido para dar início ao jogo.

Na sexta-feira, 9 de abril, a Guarda fechou um bingo funcionando em uma casa no Jardim Eulina, onde estavam 26 pessoas e foram encontradas 58 equipamentos para o jogo.

No dia anterior, 8 de abril, em um prédio na rua Lusitana, também na região central, foram encontradas 98 máquinas para o jogo. Havia 24 pessoas, nove funcionários e 15 jogadores. A GM chegou até o local após receber denúncia sobre aglomeração no endereço.

As denúncias podem ser feitas pelo telefone 153 da Guarda Municipal de Campinas ou pelo sistema 156, por telefone ou pelo site da Prefeitura.

Comentários via Facebook