Covid-19: Hortolândia adia retorno às aulas presenciais na rede municipal para 14 de junho.

A retomada estava programada para o dia 3 de maio, mas foi prorrogada para 14 de junho “em razão do combate e prevenção a novos casos da Covid-19 na região”, informou a prefeitura.

De acordo com o último boletim divulgado, a cidade contabiliza 12.041 moradores infectados, sendo que 455 deles não resistiram às complicações da doença e vieram a óbito.

Em nota, a administração destaca que a decisão também foi pautada pelo fato de a vacinação dos profissionais da educação ainda estar em etapa inicial – apenas aqueles que têm 47 anos ou mais e que atuam na Educação Infantil ou Ensino Médio podem se vacinar.

Por terem sido classificadas pelo governo estadual como serviço essencial, as escolas podem funcionar mesmo durante as fases de transição (atual) e vermelha do Plano SP. Vale lembrar, no entanto, que as prefeituras têm autonomia para adotar restrições mais rígidas.

Hortolândia conta atualmente com cerca de 26 mil alunos e 2 mil profissionais distribuídos em 58 unidades escolares da rede municipal. O adiamento vale para os alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental, da Educação Integral I e da EJA (Educação de Jovens e Adultos). Um novo planejamento de retomada está previsto para ser divulgado no dia 7 de junho.

Enquanto as atividades presenciais nas escolas municipais em Hortolândia seguem suspensas, as aulas continuarão sendo realizadas de maneira remota, com postagem de atividades pedagógicas no site da prefeitura.

Já as aulas presenciais nas escolas das redes estadual e particular foram liberadas desde que o estado de São Paulo decretou o fim da fase emergencial.

 

Comentários via Facebook