Mobilidade urbana reforça sinalização em diferentes pontos da cidade

Técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana pintaram, na manhã desta segunda-feira (03/05), sinalização de solo em importantes pontos da cidade. No Jardim Mirante, a equipe demarcou vagas de estacionamento de ambulância em frente ao Hospital Municipal Mário Covas, na Rua Osvaldo Ribeiro Carrilho. Esta mesma rua também recebeu placa e demarcação de quatro vagas para motocicletas, em frente ao número 153.

Já na Região Central, demarcaram vaga de PCD (Pessoa com Deficiência) no abrigo de ônibus recém-implantado da Rua Luiz Camilo de Camargo, em frente ao atacadista Assaí, onde também implantaram trave de ônibus, pintura amarela na forma de triângulo, feita no final da baia de ônibus, que delimita até onde o ônibus pode ir ao parar junto ao abrigo. 

“Pedimos que, nos novos abrigos que a Prefeitura está implantando na cidade, a população respeite a sinalização, principalmente a área do cadeirante. Isso é muito importante”, afirma o diretor de Operações, José Eduardo Vasconcellos.

Novos abrigos de ônibus

Hortolândia ganhará, em breve, 218 novos pontos de parada de ônibus. Técnicos da Secretaria de Mobilidade Urbana já iniciaram a instalação de mais 165 novos abrigos de ônibus e mais 53 totens que sinalizam locais de embarque e desembarque. 

Modernos, os novos equipamentos garantem comodidade e segurança aos usuários do transporte público. Além de confortáveis, eles contam com painéis que permitirão aos usuários consultar o itinerário e o tempo de chegada dos ônibus. Os abrigos dispõem de iluminação, espaço para cadeirante e piso podotátil para deficientes visuais, assim como bancos reforçados para obesos.

Os pontos contarão, em breve, também com Wi-Fi para que todos possam acompanhar os horários e itinerários por meio de aplicativo na internet. A ação coloca Hortolândia no mapa das cidades inteligentes. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, abrigos e totens serão instalados em toda a cidade, em ruas e avenidas de grande fluxo de pessoas.

Comentários via Facebook