Palestra comemorativa enfoca “a importância do trabalho social em rede”

No segundo dia da Semana do Serviço Social do CRAS Novo Ângulo (Centro de Referência de Assistência Social), que acontece nesta terça-feira (11/05), às 9h, o tema em pauta será “A Importância do Trabalho Social em Rede”. Quem abordará o assunto é o gerente da Proteção Social Básica da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social de Hortolândia, Jesus José Ribeiro da Costa. 

O evento é aberto ao público e acontece via plataforma Zoom. Para acompanhar o bate-papo é preciso digitar o código e a senha da reunião (ID: 89352544579; senha: 305873). Em razão da pandemia do Coronavírus, a palestra será realizada de maneira online e remota, para evitar a disseminação da COVID-19.

A programação da Semana do Serviço Social, promovida pela Prefeitura de Hortolândia, tem como tema geral “Desafios e Perspectivas do Serviço Social na Garantia de Direitos” e prevê palestras com profissionais do Poder Público e também com convidados da PUC-Campinas Campinas (Pontifícia Universidade Católica) e do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O objetivo é fomentar discussões, reflexões e análises críticas sobre a atual conjuntura, a fim de fortalecer as ações e processos interventivos firmados no compromisso ético-político do Serviço Social. Atualmente, há 57 profissionais da área atuando na Prefeitura, de acordo com dados da EGPH (Escola de Gestão Pública de Hortolândia). O Dia do Assistente Social é celebrado no próximo sábado (15/05).

Nesta segunda-feira (10/05), primeiro dia de bate-papo, a diretora da Faculdade de Serviço Social da PUC-Campinas, bacharel e mestre na área, doutora em Educação pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Maria Virgínia Righetti Fernandes Camilo, falou sobre “O Serviço Social como Trabalho Essencial”. O evento reuniu 37 pessoas, dentre elas o secretário de Inclusão e Desenvolvimento Social, Francisco Raimundo da Silva, bem como a coordenadora do CRAS Novo Ângulo, Eliane da Silva.

“As assistentes sociais exercem ações de cunho socioeducativo, na prestação de serviços sociais, viabilizando direitos e formas para exercê-los, contribuindo para que necessidades e interesses dos sujeitos tenham visibilidade na cena pública, possam ser reconhecidos, possam ser aliados aos interesses das grandes maiorias, estimulando a organização de diferentes segmentos dos trabalhadores na defesa de seus direitos. Sua atuação requer que este profissional vá além das rotinas institucionais, buscando possibilidades para transformá-las em projetos, em propostas profissionais”, afirmou o secretário.

Confira abaixo a programação completa:

11/05, 9h –

Tema: A Importância do Trabalho Social em Rede

Facilitadores: Jesus José Ribeiro da Costa, gerente da Proteção Social Básica da Secretaria de Inclusão e Desenvolvimento Social de Hortolândia, graduado em Serviço Social; MBA em Controladoria e Finanças; Pós-graduado em Gestão do SUAS e Interação com Assistentes Sociais de outros Setores

12/05, 9h – 

Tema: O Serviço Social no Campo Sócio Jurídico

Facilitadores: Josiane Dacome, assistente social no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, especializada em Saúde da Família, Gestão da Qualidade de Vida na Empresa pela Unicamp e em Políticas Públicas no Contexto do Sistema Único de Assistência Social – SUAS pela Faculdades Integradas Espírita, cursou Tanatologia pela Faculdade de Medicina da USP

13/05, 9h –

Tema: Professores Extensionistas da PUC Campinas em Parceria com o CRAS Novo Ângulo

Facilitador: Apresentação dos trabalhos realizados em parceria com a ProExt  (Programa de Extensão) e o CRAS Novo Ângulo

14/05, 9h – 

Encerramento: Equipe Gestora da Secretaria de Inclusão

Confraternização da Equipe

Comentários via Facebook