Polícia prende jovem que planejava ataque a escola em São Paulo

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta segunda-feira (10), um jovem, de 19 anos, que planejava atacar alunos de uma escola no bairro de Americanópolis, na zona sul de São Paulo. Ele foi capturado na mesma região onde ocorreria o crime.

A estratégia do ataque foi detectada por Setores de Inteligência do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que receberam informações privilegiadas sobre o crime. As trocas de informações auxiliaram os policiais da 1ª Delegacia da Divisão de Crimes Cibernéticos (DCCiber).

A equipe conseguiu acompanhar as trocas de mensagens entre o autor e integrantes de um grupo de rede social. Os conteúdos dos textos permitiram a obtenção de quebra de sigilo o que contribuiu para coleta de mais provas que foram remetidas à Justiça.

A partir de então, foram expedidos mandados de busca e apreensão e de prisão contra o rapaz, que foi encontrado na casa de um tio, no bairro Capão Redondo, também na zona sul da capital. Com ele foi apreendido o celular que ele usava para combinar a invasão.

Pelo aparelho a polícia descobriu que o suspeito homenageava o comandante do massacre de sete pessoas em uma escola estadual em Suzano, em março de 2019. O jovem usava a foto do assassino para ilustrar uma de suas redes sociais e criou um e-mail com o nome dele. 

O equipamento foi encaminhado ao Instituto de Criminalística (IC), responsável pela análise pericial. A Polícia Civil prossegue com as investigações para identificar e prender outros envolvidos no esquema criminoso.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública (SSP)
Texto: Paula Vieira, com informações da Polícia Civil

Comentários via Facebook