Doses da vacina da Janssen doadas pelos EUA chegam ao Brasil

O Brasil recebe o reforço de mais 3 milhões de doses da vacina Covid-19 da Janssen/Johnson & Johnson doadas pelo governo dos Estados Unidos. Parte da doação (pouco mais de 2 milhões de doses) chegou ao País sexta-feira (25), pelo Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, estiveram no local para receber os imunizantes e reforçar a parceria entre os dois países no combate à pandemia.

Queiroga destacou que o governo brasileiro tem trabalhado e está comprometido com os interesses e as relações bilaterais entre os dois países. “Essas vacinas fazem parte do esforço que estamos realizando para garantir a imunização da população brasileira. Até setembro, 160 milhões de brasileiros devem receber uma dose de esperança no braço. E com a doação do governo americano, iremos acelerar a esperança do nosso povo”, destacou o ministro ao receber o lote dos imunizantes.

A segunda remessa, com mais de 942 mil doses, chegará ao Brasil no sábado (26), às 6h30. As vacinas estão sendo trazidas ao País pela Azul Linhas Aéreas, que fez o transporte de forma gratuita. Nos próximos dias, as doses doadas pelo governo norte-americano serão distribuídas pelo Ministério da Saúde para todos os estados e DF.

Por ser dose única, a doação norte-americana representa mais 3 milhões de brasileiros imunizados contra o coronavírus. Com isso, a campanha nacional de vacinação do Ministério da Saúde acelera ainda mais nos próximos dias.

“A nossa colaboração com o Brasil na saúde pública tem uma longa história. E vamos continuar até o fim dessa situação. Nós estamos juntos com o Brasil e iremos somar todos os esforços para que possamos vencer essa pandemia. Lutaremos para fortalecer, ainda mais, a colaboração na área da saúde das nossas nações”, reforçou Chapman.

DIÁLOGO

A relação bilateral e o compromisso no enfrentamento à pandemia entre os dois países foram essenciais no processo. O governo norte-americano anunciou a doação das vacinas ao Brasil no início do mês e, desde então, os ministérios da Saúde, das Relações Exteriores e a Embaixada dos Estados Unidos abriram diálogo para concretizar a entrega.

JANSSEN NO BRASIL

Esse é o terceiro lote da vacina da Janssen que chega em terras brasileiras. O primeiro, com 1,5 milhão de doses, foi entregue na terça-feira (22/06). Outras 300 mil doses chegaram na quinta-feira (24/06). Imediatamente, o Ministério da Saúde coordenou o envio do imunizante para todos os estados e Distrito Federal. Essas unidades fazem parte de um contrato de 38 milhões de doses entre a farmacêutica e o Governo Federal. A negociação das doses gerou uma economia de R$ 480 milhões no preço inicial previsto.

PÁTRIA VACINADA

O Ministério da Saúde já distribuiu mais de 129,5 milhões de doses de vacinas Covid-19. Somente nesta semana, foram enviadas a todos os estados e Distrito Federal mais de 7 milhões de doses dos imunizantes da Janssen, Pfizer e Coronavac, que é produzida no Brasil pelo Instituto Butantan. Mais de 92 milhões de doses já foram aplicadas, sendo que mais de 40% da população-alvo de 160 milhões de brasileiros já recebeu a primeira dose da vacina.

Por Marina Pagno/Ministério da Saúde
Foto: Fernanda Sunega/Prefeitura de Campinas

Comentários via Facebook