PF investiga alvos da região de Campinas em operação de combate à corrupção na pandemia

Foram deflagradas na manhã desta quarta-feira (21) duas operações da Polícia Federal de Guarulhos que visam o combate à corrupção e desvio de verbas relacionados ao combate à pandemia.

A Justiça Federal emitiu 23 mandados de busca e apreensão ao todo, a serem cumpridos em residências, empresas e órgãos públicos, e incluem mandados cumpridos nos municípios Artur Nogueira, Campinas e Monte Mor.

Na cidade de Monte Mor os mandados foram cumpridos no Hospital Beneficente Sagrado Coração de Jesus e em uma clínica médica. A Prefeitura da cidade se manifestou, e afirmou que a administração municipal não é responsável pelo gerenciamento do hospital, sendo apenas responsável pelo repasse de verbas conforme determina a Legislação.

De acordo com a Polícia Federal, seriam mais de 20 pessoas envolvidas no esquema, e mais de R$50 milhões desviados. A Policia Civil afirma que as investigações ocorrem após suspeitas de irregularidades, e têm apoio do TCU (Tribunal de Contas da União).

Os desvios aconteceram em diversas áreas, desde a montagem da estrutura de hospitais de campanha, fornecimento de serviços médicos, alimentação, locação de equipamentos e ambulâncias, entre outros. Segundo investigação, grande parte dos desvios foram repassados para uma empresa do setor privado.

A PF informa que os crimes apurados configuram fraude ao caráter competitivo da licitação, e fraude à licitação, causando prejuízo à Fazenda Pública, além dos crimes de associação criminosa, corrupção, peculato e lavagem de dinheiro.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Arquivo/Agência Brasil

Comentários via Facebook