Autor de feminicídio ocorrido em Hortolândia em 2018 é preso no Auxiliadora

A Polícia Civil prendeu o autor de um feminicídio ocorrido em junho de 2018, na cidade de Hortolândia, no interior do Estado. A captura do criminoso, que tem 65 anos, ocorreu nesta terça-feira (27), no Jardim Nossa Senhora Auxiliadora, no mesmo município do delito.

Na ocasião do crime, a vítima, de 30 anos, se deslocava para o trabalho quando foi baleada e morta, no Jardim Novo Estrela. Cientificada do ocorrido, a Delegacia do Município imediatamente instaurou um inquérito policial e iniciou as investigações a fim de esclarecer os fatos e deter o (s) autor (es).

No decorrer das atividades policiais, os agentes conseguiram coletar diversas provas materiais da autoria do crime e identificar o autor, que, segundo as apurações, sempre apresentou comportamento de obsessão e perseguição contra a vítima – o que é chamado atualmente de crime de “stalking”, podendo levar à prisão do responsável por até três anos.

De posse das provas e identificação do criminoso, a autoridade policial solicitou a prisão temporária do suspeito junto à Justiça. A ordem judicial foi aceita no mesmo ano do crime, contudo o autor não foi localizado na época, já que mudou de cidade e estado após o homicídio, sendo o seu paradeiro desconhecido até então.

Mesmo assim, os policiais civis do município prosseguiram com atividades de inteligência e de campo com a finalidade de localizar o homicida, que foi encontrado e preso ontem (27), em Hortolândia.

Com a captura, o autor passou por exame de corpo de delito junto ao Instituto Médico Legal (IML) e depois foi levado à delegacia para os procedimentos de polícia judiciária. Após seu formal indiciamento, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Sumaré, permanecendo detido à disposição da Justiça.

Por Secretaria de Segurança Pública (SSP)
Foto:

Comentários via Facebook