Adolescente de 14 anos que matou o pai para defender a mãe vai responder em liberdade

Nesta terça-feira (03), um adolescente de 14 anos matou o pai que frequentemente agredia ele e a mãe em um condomínio de luxo, em Valinhos. A família possuía uma coleção de armas, incluindo uma submetralhadora e um fuzil.

Segundo a polícia, além das armas, o pai do garoto possuía uma coleção de carros de luxo, e tinha passagem pela polícia. Algumas das armas estavam registradas em nome de outra pessoa, e os investigadores suspeitam que os nomes sejam falsos.

Na noite anterior, o homem já teria discutido com a família e ameaçado a mulher e o filho, antes de dormir fora de casa. Ao voltar, continuou as ameaças, e disse que mataria a esposa. O filho, então, pegou uma das armas e o acertou com um tiro no abdômem. Ao tentar ir até o veículo, onde havia outra arma, o filho realizou mais dois disparos.

A Polícia Civil registrou o caso como homicídio em legítima defesa, e o jovem vai responder em liberdade. Após prestar depoimento, o adolescente e a mãe foram liberados.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão

Comentários via Facebook