Para reduzir uso de papel e diminuir o impacto ambiental, Hortolândia implementa digitalização de processos

A cidade de Hortolândia segue adotando cada vez mais medidas para se tornar uma cidade sustentável. A Prefeitura implementou o sistema Sequoia, que digitaliza processos físicos, reduzindo a quantidade de papel, e consequentemente o impacto ambiental. Os processos são necessários e muito comuns na rotina administrativa da Prefeitura, sendo usados para resolução de questões administrativas, encaminhamento de solicitações dos cidadãos e comunicados internos.

O Departamento de Desenvolvimento, que é vinculado à Secretaria de Planejamento Urbano e Gestão Estratégica foi o responsável pelo desenvolvimento do sistema. O nome, Sequoia, é para homenagear a árvore de grande porte, conhecida por ultrapassar a idade centenária. Desde 2017 a Secretaria vem implementando o sistema.

Dentre as atividades realizadas pela secretaria estão diversos tipos de serviços e solicitações para a população, dentre eles licenciamentos, fiscalização, recurso e autuações e manifestação ambiental. A abertura dos processos ainda é realizada presencialmente no setor de Protocolo Geral da Prefeitura, porém o andamento do processo já é realizado digitalmente.

Desde a digitalização dos processos, estima-se que 82 árvores de eucalipto foram poupadas do corte para produção de celulose (cada árvore rende em média 10.000 a 20.000 folhas de papel A4). Além da redução dos impactos ambientais, o sistema também traz maior facilidade de acesso à população, que não precisa mais se deslocar à Prefeitura para acompanhar o andamento dos processos.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Divulgação/Prefeitura de Hortolândia

Comentários via Facebook