PF de Campinas deflagra Operação Evolutio contra grupo acusado de lavar R$ 2,5 bilhões

A Polícia Federal de Campinas deflagrou hoje (19) a Operação Evolutio, segunda etapa da Operação Black Flag, que foi deflagrada em maio deste ano. Serão cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão.

A operação é contra uma organização criminosa da região, que é acusada de fraudes em empréstimos contra bancos públicos e lavagem de dinheiro. A quantia pode chegar a R$ 2,5 bilhões.

Os integrantes da quadrilha ostentavam uma vida de luxo, com carros esportivos, mansões, bebidas e joias. Os delitos ainda estão sendo investigados, mas a pena dos crimes somada pode chegar a 21 anos de reclusão.

Nessa fase da operação, a Polícia Federal tenta esclarecer os crimes praticados e o envolvimento com contratos da Desenvolve SP, agência estatal. Segundo as investigações, os criminosos obtiveram cinco linhas de crédito, totalizando R$ 19 milhões.

Ainda na primeira fase da operação, a investigação analisou os documentos apreendidos e concluiu que a quadrilha utilizava uma empresa de fachada para obter os financiamentos milionários, simulando a compra de maquinário e equipamentos que nunca foram entregues.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Divulgação/Polícia Federal

Comentários via Facebook