Prefeitura de Campinas lança aplicativo que aciona a polícia em caso de assédio no transporte público

A Prefeitura de Campinas criou um projeto que visa combater situações de assédio sexual nos transportes coletivos da região. O projeto da Administração municipal é realizado em conjunto pela Secretaria de Transportes (Setransp), a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), a Secretaria de Segurança Pública, a Secretaria de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos e a Guarda Municipal (GM).

Batizado de ‘Bela – Botão de Emergência na Luta contra o Assédio’, o aplicativo serviria como um botão de pânico, e foi lançada nesta terça-feira (24) pelo prefeito Dário Saadi, que destacou a importância do projeto: “Desejamos que o aplicativo tenha sucesso na rede de proteção às mulheres. É um instrumento de tecnologia que a mulher terá para se proteger e evitar esse absurdo, ato horrível, que é o assédio sexual dentro dos ônibus”.

O botão será disponibilizado no Aplicativo da Emdec. Antes de utilizar, é necessário que o usuário realize um cadastro, informando uma série de dados pessoais para identificação e evitar trotes. Caso acionado, o aplicativo rastreia a localização do usuário, e pede para que ele selecione a linha do ônibus em que se encontra. Assim que o chamado for confirmado, a Guarda Municipal é acionada e realiza a abordagem ao ônibus.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Carlos Bassan/PMC

Comentários via Facebook