Polícia prende duas pessoas em Hortolândia por homicídio ocorrido em Presidente Epitácio

A Polícia Civil prendeu uma mulher, de 63 anos, e um homem, de 65, após esclarecer um homicídio, ocorrido no dia 22 de agosto, em Presidente Epitácio. As detenções ocorreram nesta quinta-feira (9), em Hortolândia, no interior do Estado.

Na ocasião do crime, sacos plásticos contendo partes do corpo da vítima, de 43 anos, residente em Americana, foram encontrados no bairro Village Lagoinha e exames periciais solicitados aos institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML). O caso foi registrado no plantão policial da cidade e depois encaminhado à Delegacia Sede do município, que iniciou as investigações.

Ao longo das apurações e atividades de inteligência, os agentes relacionaram a autoria do crime com uma moradora de Hortolândia que possui casa de veraneio em Presidente Epitácio, nas proximidades do local onde o cadáver foi encontrado. Com isso, foi solicitado um mandado de busca e apreensão para o imóvel, aceito pela Justiça e cumprido no dia 26 de agosto.

Durante as buscas na residência, foram encontrados vários vestígios positivados para sangue humano, cujas amostras foram encaminhadas à Polícia Técnico-Científica para confronto de DNA, além de um contrato de trabalho da vítima.

Prisões

Com as evidências conseguidas por meio do cumprimento da primeira ordem judicial, outros mandados de busca e apreensão, bem como de prisão temporária, foram expedidos e cumpridos, ontem (9), em Cosmópolis e Hortolândia, sendo duas pessoas detidas nesta última cidade.

A ação teve apoio de policiais civis da Seccional de Presidente Venceslau e de ambos os municípios, resultando na apreensão de celulares, documentos e peças de roupas reconhecidas fotograficamente como pertencentes à vítima.

A dupla foi levada à Delegacia de Presidente Epitácio, onde foi ouvido, indiciado e depois encaminhado ao cárcere para permanecer à disposição da Justiça.

Por Nathalia Pagliarini/Secretaria de Segurança Pública

Comentários via Facebook