Nova obra do Viaduto Cury, em Campinas, vai custar R$ 1 milhão

O viaduto Miguel Vicente Cury, no Centro de Campinas, passará por reformas a partir da próxima quinta-feira, dia 23 de setembro. Serão substituídos 664 metros de defensas em diversos pontos. A Prefeitura vai investir R$ 1 milhão na obra.

Os trabalhos serão comandados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e executados por uma construtora com recursos de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Administração e a empresa MRV Engenharia e Participações. A previsão é que a reforma seja entregue em três meses.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Carlos José Barreiro, trata-se de obra de grande relevância. “O objetivo é ampliar a segurança viária e prevenir acidentes e quedas de veículos”, afirma Barreiro.

As defensas são barreiras de segurança viária usadas para separação de fluxos ou para impedir que veículos caiam em barrancos ou de pontes e viadutos. São estruturas com alta resistência a impactos. Na obra, as partes do viaduto que mais necessitam receberão as novas defensas em concreto armado do tipo New-Jersey em troca das barreiras metálicas existentes atualmente.

Bloqueios parciais

A obra provocará interdições parciais do tráfego de veículos em trechos do Viaduto Cury. Os bloqueios realizados pela Secretaria Municipal de Transportes (Setransp) e Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) se estenderão por todo o período das obras, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

Na etapa inicial, será interditada a faixa direita do viaduto, no sentido bairro-centro, desde o acesso pela Avenida João Jorge (sobre a linha férrea) até o início da Avenida Moraes Salles.

A circulação de veículos e ônibus do transporte público coletivo ocorre normalmente nas faixas de rolamento não impactadas pela interdição. Gradativamente, as interdições migrarão para outros pontos no entorno do Viaduto Cury, sempre de forma parcial, visando garantir a fluidez viária.

Agentes da Mobilidade Urbana vão sinalizar o local e orientar usuários do transporte público coletivo. Para informações de trânsito e sugestões, acesse os canais do Fale Conosco Emdec, pelo telefone 118, site (portal.emdec.com.br/faleconosco); ou baixe o aplicativo “Emdec”, disponível para download no Google Play (sistema operacional Android) e App Store (sistemas operacionais iOS). Para chamadas realizadas a partir de outra cidade ou DDD, o telefone é (19) 3731-2910.

Por Prefeitura de Campinas
Foto: Arquivo/Divulgação/Emdec

Comentários via Facebook