153 condenados da região não voltaram aos presídios após saída temporária

Na terça-feira da semana passada (14), a Justiça autorizou a saída temporária de aproximadamente quatro mil presos do Complexo Penitenciário Campinas-Hortolândia, que deveriam retornar nesta segunda-feira (20).

A maioria dos presos retornaram como esperado. Entretanto, 153 condenados ainda não voltaram às unidades prisionais, de acordo com a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária do Estado de São Paulo). Inclusive, foram registrados casos de presos que estavam de ‘saidinha’ envolvidos em crimes tanto em Hortolândia como em Sumaré.

As ‘saidinhas’ são um benefício previsto pela Lei de Execução Penal. Para ter direito, o condenado deve ter cumprido pelo menos um quarto da pena e manter um comportamento adequado durante o cotidiano em cárcere.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Reprodução/Street View

Comentários via Facebook