Após funcionários negarem demissão voluntária representantes da Honda se reúnem com Sindicato

Representantes da fábrica da Honda de Sumaré e Itirapina irão se reunir nesta terça-feira (19) com o Sindicato dos Metalúrgicos de Campinas e Região. O diálogo acontecerá devido à categoria não ter aceitado o programa de Programa de Demissão Voluntária anunciado pela empresa.

Os cerca de três mil trabalhadores que perderiam seus empregos exigem uma nova proposta, e por isso o Sindicato protocolou o pedido de reunião com os responsáveis, mesmo o presidente do órgão não estando confiante que a fabricante faça uma proposta melhor.

Muitos funcionários não gostaram do fato de a proposta obrigar os trabalhadores a continuarem em suas funções até o final do ano, não podendo sair de imediato.

A empresa propôs aos funcionários que aceitassem participar do Programa de Demissão Voluntária doze salários nominais, plano de saúde por um ano e vale alimentação por seis meses, além das verbas provenientes da rescisão do contrato.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Reprodução/Street View

Comentários via Facebook