Consórcio é multado em R$ 10 milhões por atraso nas obras do BRT

A Prefeitura de Campinas determinou a aplicação de uma multa de R$ 10 milhões ao consórcio BRT Campinas, que ficou responsável pela construção do Lote 4 do Corredor Ouro Verde.

A multa ocorre devido a um atraso na entrega das obras do trecho. O consórcio já havia sido notificado duas vezes anteriormente, e a Administração Municipal informou que caso as obras não sejam finalizadas, tomará as medidas necessárias.

Direto da Redação
Henrique Amaral – TV HORTOLÂNDIA
Emissora Rede Brasil de Televisão
Imagem: Arquivo/PMC

Comentários via Facebook